As obras de Oscar Niemeyer em Belo Horizonte

Danilo Matoso Macedo
– maio. 2005 –



Download

  1. PDF
  2. PDF no Scribd

Resumo

As obras de Oscar Niemeyer em Belo Horizonte caracterizam um período específico do trabalho do arquiteto, correspondente às décadas de 1940 e 1950, períodos em que Juscelino Kubitschek foi respectivamente prefeito da capital mineira e governador do estado de Minas Gerais. Registram-se aqui os seguintes projetos: residência João Lima Pádua (1943), residência Juscelino Kubitschek (1943), Cassino da Pampulha (1940), Iate Clube da Pampulha (1940), Igreja de São Francisco de Assis (1940), Casa do Baile (1940), Golfe Clube da Pampulha, Conjunto Governador Kubitschek (1951), Edifício sede do Banco Mineiro da Produção (1953), residência Alberto Dalva Simão (1953), Edifício Niemeyer (1954), Biblioteca Pública Estadual (1955), Colégio Estadual Central (1954).


Publicação original

Macedo, Danilo Matoso. “As obras de Oscar Niemeyer em Belo Horizonte”. In Igreja da Pampulha : restauro e reflexões, por Mariângela Castro e Silvia Finguerut, 106–27. Rio de Janeiro: Fundação Roberto Marinho, 2005.

———. “As obras de Oscar Niemeyer em Belo Horizonte”. MDC – Revista de Arquitetura e Urbanismo, nº 2 (fevereiro de 2006): 22–35. Disponível em <https://mdc.arq.br/2006/02/28/as-obras-de-oscar-niemeyer-em-belo-horizonte/>.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s