Um nativismo esquecido – residência em Cataguazes – Oscar Niemeyer

Danilo Matoso Macedo
dez.2007
Publicado no número 165 da revista AU, em dezembro de 2007 [homenagem aos cem anos de Oscar Niemeyer].

Construída num terreno profundo em leve “L” à beira do rio Pomba, a casa se revela para a rua apenas como um muro revestido de pedra do tipo canjiquinha, com um único e generoso vão cujo portão só se fecha à noite. O ajardinamento projetado por Burle-Marx hoje quase oculta a edificação, ligeiramente recuada da rua, que se apresenta como um volume elevado, encostado nas laterais do terreno e abrindo seus quartos para frente…

Leia o texto na revista.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: